7 formas de garantir a segurança dos documentos na nuvem
julho 3, 2017
5 razões para aderir ao Cloud Backup
julho 17, 2017

6 razões para você adotar um plano de contingência na sua empresa

Conforme a tecnologia avança dentro do ambiente corporativo, tomando conta de, praticamente, todas as áreas de negócio, a necessidade de garantir a segurança e disponibilidade dos recursos de TI aumenta a cada dia.

Isso ocorre porque as áreas de negócio estão integradas e a empresa cada vez mais conectada com o mundo externo, gerando uma maior necessidade por mobilidade e conectividade.

Essa maior dependência da tecnologia aumenta a atenção dos gestores para criar no ambiente com um plano de contingência, preparando, assim, a empresa para uma eventual crise, independentemente do tamanho e gravidade.

Por isso, neste artigo, reunimos 6 razões para você adotar um plano de contingência de TI na sua empresa. Boa leitura!

#1 Garantia de disponibilidade

Um dos maiores ganhos de um plano de contingência é reduzir os riscos de um ambiente de TI, ou parte dele, ficar indisponível por qualquer razão, seja um desastre, um incidente ou uma falha na operação.

Ao contar com um bom plano de contingência, a empresa fica preparada para continuar suas operações normalmente caso um serviço venha a falhar, garantindo, assim, que todos os usuários, sejam eles colaboradores ou clientes, tenham acesso aos recursos sem nem perceber a falha ocorrida.

#2 Evitar litígios com clientes

Quando a empresa fornece algum serviço de TI para o mercado, como a hospedagem de sites ou sistemas, a indisponibilidade pode causar prejuízos para seus clientes. Caso estes sintam-se prejudicados, podem entrar com alguma ação litigiosa contra sua empresa, aumentando ainda mais os danos causados por algum incidente.

Por isso, contar com um plano de contingência é uma maneira de garantir mais tranquilidade aos seus clientes e parceiros, e evitar possíveis prejuízos com ações judiciais.

#3 Atender a exigências de mercados, normas e órgãos reguladores

Empresas que seguem normas de TI, como a ISO/IEC 38500, ou frameworks, como ITIL v3 e COBIT, devem contar com um plano de contingência que proteja o negócio de acordo com a gravidade do risco oferecido por cada ameaça.

Ao seguir estas normas, os gestores passam a ter um direcionador de como focar e iniciar a criação do seu plano de contingência, direcionando melhor seus investimentos e garantindo maior sucesso na aplicação deste processo.

#4 Reduzir custos de seguros

Muitas seguradoras avaliam os riscos que a empresa corre em todos os sentidos para dimensionar o valor do seguro. Vale lembrar que um plano de contingência abrange vários aspectos da TI, que vão desde a utilização de softwares de segurança até instalação de ambientes protegidos por salas anti-incêndio e arrombamento, e assim por diante.

Quanto mais seguro for o ambiente, e mais completo o plano de contingência, menor tende a ser o valor do seguro pago pela companhia, reduzindo, assim, o tempo de retorno sobre o investimento.

#5 Garantir a segurança de colaboradores

Um plano de contingência também oferece mais segurança aos próprios colaboradores e seus dados pessoais. Como a mobilidade está cada vez mais presente na TI, muitos colaboradores acabam usando seus próprios dispositivos como ferramentas de trabalho.

Um plano de contingência pode garantir que todos os dados contidos nestes aparelhos sejam copiados em um ambiente seguro, e possam ser recuperados quando necessário.

#6 Evitar perdas, de diversos tipos

Quando um desastre ocorre em um ambiente de TI, caso não exista um bom plano de contingência funcionando corretamente, a empresa tende a ter muitas perdas, de diversos tipos, como:

Informações corporativas

Estas perdas estão relacionadas a dados corporativos, bancos de dados e documentos que podem ser perdidos caso o backup não esteja totalmente atualizado. O prejuízo pela perda de algumas informações pode ser incalculável.

Tempo

Deve ser considerado o tempo destinado de boa parte da equipe de TI, que deixa suas tarefas de lado para atuar em um incidente emergencial, tentando reduzir um pouco o prejuízo causado pela falta de um bom plano de contingência.

Dinheiro

Uma perda financeira pode chegar a ser imensurável se a empresa considerar todos os custos para restabelecer o ambiente, a imagem da companhia perante o mercado, as transações que deixaram de ser realizadas e as possíveis ações que podem ser movidas por clientes e usuários que se sintam prejudicados.

Contar com um bom plano de contingência é a melhor maneira de garantir a segurança e disponibilidade do ambiente, reduzindo riscos para o negócio e deixando clientes, colaboradores e gestores mais tranquilos.

E você, já conta com um bom plano de contingência na sua empresa? Conte pra gente pelos comentários e até a próxima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *